Cultura

OPEN HOUSE PORTO VOLTA DIAS 1 E 2 JULHO

Nos dias 1 e 2 de julho, decorre mais uma edição do Open House Porto, cujo lema é “Arquitetura de portas abertas”. O evento decorrerá em 60 espaços arquitetónicos espalhados pelas cidades do Porto, Gaia e Matosinhos, com visitas livres, acompanhadas e comentadas.

O 3º Open House Porto vai decorrer no próximo fim de semana, dias 1 e 2 de julho.

O Open House Porto, que na última edição recebeu 30 mil visitantes, está inserido no movimento internacional Open House Wordlwide, que decorre em  mais de 30 cidades em todo o mundo. Com o objetivo de cativar o público para a descoberta da arquitetura das suas cidades, o evento promove visitas gratuitas a espaços arquitetónicos de relevo.

Através do roteiro, criado pelos comissários, o público é convidado a fazer o seu próprio “programa”, e escolher de entre os 60 espaços propostos, sendo que existem diferentes horários e diferentes tipos de visitas – livres, acompanhadas ou comentadas – mas sempre gratuitas.

O público poderá visitar edifícios de várias épocas e estilos – os mais antigos, construídos até ao séc. XVI, como o Paço Episcopal ou o Mosteiro da Serra do Pilar. Do século XIX poderão ser vistos, por exemplo, o Hospital do Conde Ferreira ou o Cemitério do Prado Repouso.

Da primeira metade do século XX, a Casa de Serralves e a Câmara Municipal do Porto. Constam também do roteiro exemplos de arquitetura mais recente, da segunda metade do século XX, como a Piscina das Marés, de Álvaro Siza Vieira, e já do século XXI, como o Estádio do Dragão ou o Centro do Sangue e Transplantação.

Pelos locais do roteiro, serão visitáveis espaços arquitetónicos de diferentes tipologias: infraestruturas (como a Ponte de São João, ou o Túnel S.Bento – Campanhã), edifícios de habitação (como as Casas-Pátio, de Eduardo Souto de Moura), equipamentos (como o Terminal de Cruzeiros de Leixões) e edifícios de comércio e serviços (como a Casa de Chá da Boa Nova ou os Escritórios do Aleixo).

Em alguns dos sítios abertos a visitas, o público poderá participar em várias atividades, com o Programa Caleidoscópio, que pretende dar a conhecer diferentes formas de viver os espaços. Uma das propostas é a performance de dança contemporânea Hermit, que decorrerá na Real Vinícola – Casa da Arquitetura.

Paralelamente às visitas do Open House, quem for até ao Mosteiro da Serra do Pilar poderá ver a instalação “Carnet C 10”, de Xavier Monteys – sobre o caderno de desenhos do arquitecto Le Corbusier na sua viagem a Maiorca.

Noutro dos locais do roteiro – a  Estação de Metro do Campo 24 de Agosto – estará a decorrer também o PianoPorto 2017, maratona de 24 horas de piano, organizado pelo Conservatório de Música do Porto.

O evento é organizado pela Casa da Arquitetura, com o comissariado dos arquitetos Paula Santos e Ivo Poças Martins e o apoio das Câmaras Municipais do Porto, Gaia e Matosinhos.

A programação completa do 3º Open House Porto está disponível para consulta no site oficial do evento. www.openhouseporto.com