Cultura

CURTAS 2016: 241 FILMES-CONCERTO PARA TODOS OS GOSTOS

O Curtas – Festival Internacional de Cinema está de regresso a Vila do Conde, entre os dias 9 e 17 de julho de 2016. O “festival de verão do cinema” conta, este ano, com 241 filmes, sete filmes-concerto, duas exposições e 14 debates, voltando a mostrar o melhor do cinema contemporâneo.
Imagem por Curtas – Festival Internacional de Cinema

Uma das marcas mais importantes das noites de Vila do Conde serão os filmes-concerto, onde música e cinema se encontrarão de forma criativa, em mais uma edição Stereo.

Este ano conta com concertos tais como Jay-Jay Johanson, The Legendary Tigerman, The Greg Foat Group e Tindersticks. Este último, em dose dupla.

Com estreia marcada para a 24ª edição do Curtas Vila do Conde, “How To Become Nothing” junta, assim, o músico The Legendary Tigerman, a fotógrafa Rita Lino e o realizador Pedro Maia numa road trip pelo deserto da California.

Também pela primeira vez em Portugal, The Greg Foat Group, o sexteto de jazz liderado pelo talentoso músico Greg Foat, sobe ao palco do festival para apresentar, também em estreia, “Visual Music”, uma banda sonora original para clássicos do cinema de vanguarda.

O festival dedica, este ano, duas retrospetivas com características muitos diferentes: o coletivo americano Borderline Films apresentará parte das suas obras mais significativas e a dupla João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, dois cineastas incontornáveis do cinema português, fará a sua primeira exposição cinemática na Solar, a que os autores intitularam “Do Rio das Pérolas ao Ave”.

O Curtas Vila do Conde promove ainda um workshop de crítica de cinema, juntando críticos, cineastas e académicos com um grupo de aspirantes à arte de escrever; a exibição de filmes históricos de, entre outros, Bruce Conner, Dara Birnbaum ou Jean-Luc Godard e ainda três sessões dedicadas aos Ensaios Audiovisuais, formato popularizado pelas novas ferramentas digitais.

Se pensam que os mais novos foram esquecidos, então desenganem-se, porque o festival também oferece espaços onde estes possam crescer a gostar de cinema: sessões, oficinas e o já clássico Espaço “Brincar ao Cinema”, onde as crianças são orientadas por formadores.

Por fim, o Curtas Vila do Conde continua a apresentar as suas muito concorridas sessões de competição: internacional, nacional, experimental, vídeos musicais, Take One! e Curtinhas.

Os bilhetes podem ser comprados sessão a sessão (€2 a €3,50) ou em passe (€40 até 30 de Junho e €50 a partir de 1 de Julho), com os filmes-concerto à parte (preços dos €5 aos €22, consoante os programas). O programa completo do evento pode ser consultado aqui.