Cultura

OPEN HOUSE PORTO: 51 EDIFÍCIOS PARA VISITAR DE FORMA GRATUITA

Depois do sucesso da primeira edição, em 2015, o segundo Open House Porto está de volta. Ao todo, são 51 os edifícios que estarão de portas abertas no fim-de-semana de 18 e 19 de junho nas três cidades do projeto: Porto, Vila Nova de Gaia e Matosinhos.
Fotografia retirada do site oficial

O Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões, a Piscina das Marés, o Teatro Nacional de São João ou o Antigo Matadouro Municipal do Porto são apenas alguns dos locais que estarão abertos gratuitamente ao público na Grande Festa da Arquitetura, da responsabilidade do comissário Jorge Figueira e do comissário-adjunto Carlos Machado e Moura.

Jorge Ferreira sublinhou que “há uma conjugação de critérios” na seleção dos edifícios, pelo que “há, desde logo, a vontade de responder a diferentes tipos de requisitos”, nomeadamente requisitos geográficos.

Em comparação com o ano anterior, o roteiro do Open House Porto 2016 sofreu uma “redefinição geográfica considerável”, estando agora mais voltado para sul. “Não quisemos fazer uma tábua rasa ao programa do ano passado, mas quisemos trazer diferenças assinaláveis”, mantendo, no entanto, “aquilo que consideramos ser os edifícios que fazem parte, por mérito próprio, da constelação de arquiteturas destas cidades que marcam o Porto.”

Para além das visitas livres ou acompanhadas pela equipa de voluntários, existem as visitas comentadas pelo autor do projeto de arquitetura, consoante o edifício, ou por um especialista convidado. “Convidamos mais de sessenta e uma personalidades da cidade que vão fazer visitas guiadas com alguma profundidade. Não são aulas, naturalmente, mas explicam aquilo que é o valor do edifício, aquilo que é o estado da construção.”

O acesso à grande maioria das visitas será sem marcação e por ordem de chegada. Apenas o Parque de Manutenção e Oficinas e o Posto de Controlo e Comando do Metro do Porto (Matosinhos), o Palácio do Bolhão (Porto Centro/Baixa), o Mosteiro da Serra do Pilar (Vila Nova de Gaia) e a Ponte São João (Vila Nova de Gaia) exigem total ou parcial, pré-marcação ou reserva para as suas visitas.

Para a realização do evento, o Open House Porto conta com mais de 150 voluntários que ficarão encarregues de apoiar logisticamente a organização, receber e orientar o público ou acompanhar as visitas orientadas aos vários espaços.

O Open House Porto é uma coprodução da Casa da Arquitetura e da Trienal de Arquitetura de Lisboa com a parceria da Câmara Municipal do Porto como Parceiro Estratégico e dos Municípios de Vila Nova de Gaia e Matosinhos como parceiros do evento.