Ciência e Saúde

CINTESIS: NOVO CENTRO DE INVESTIGAÇÃO LANÇADO NA FMUP

O CINTESIS - Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde – foi apresentado esta segunda-feira no Auditório do Centro de Investigação Médica da FMUP (Faculdade de Medicina da Universidade do Porto).
Fotografia oficial.

A missão do novo centro de investigação passa por encontrar respostas e soluções para problemas de saúde específicos, com vista à otimização dos recursos e custos e à melhoria dos serviços de saúde. Este centro visa a abordagem multidisciplinar aos problemas de saúde, no sentido de encontrar respostas válidas, num curto prazo e que sejam financeiramente viáveis.

O projeto nasce de um protocolo de colaboração entre diversas instituições do ensino superior como as Universidades de Aveiro (UA) e do Algarve (UALG), o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS), o Instituto Superior de Engenharia (ISEP) e a Escola Superior de Enfermagem do Porto (ESEP), cujos profissionais integrarão as equipas de investigação.

O CINTESIS vai juntar mais de cem investigadores e estudantes de doutoramento, distribuídos por dezasseis grupos de investigação, cujo trabalho vai incidir em quatro grandes áreas: Investigação Clínica e Serviços de Saúde; Neurociências e Envelhecimento Ativo; Diagnóstico, Doença e Terapêutica; e Dados e Métodos.

Apesar de este projeto já existir e funcionar há alguns anos, o “novo” CINTESIS resulta de uma reestruturação que visa a maior aproximação às unidades já existentes, para “capitalizar e partilhar os recursos instalados nas diversas instituições de ensino envolvidas”, diz Altamiro da Costa Pereira, coordenador do centro. Com este “desenho em rede”, que envolve cinco pólos de investigação distribuídos pelo país, este modelo permitirá colmatar falhas que estes possam apresentar individualmente, de modo a maximizar a eficiência científica e económica.