Ciência e Saúde

CTT TESTAM DRONE PARA A ENTREGA DE CORREIO

Os CTT (Correios de Portugal), em parceira com a Connect Robotics, realizaram, durante três dias, testes para entrega de correio com drones.

Depois da invenção da Marmita Voadora que entregava refeições ao último habitante da aldeia de Podentinho, a Connect Robotics demonstrou o seu serviço de entrega de correio por drones aos CTT. Os testes decorreram durante três dias, num percurso de três quilómetros, feito em cerca de sete minutos.

A experiência consistia num percurso com ponto de partida no Centro de Distribuições dos CTT e ponto de chegada na sede da empresa, localizada no Parque das Nações. O drone alcançou uma altitude de 30 metros, devido à área controlada pelo Aeroporto Humberto Delgado. O percurso, especialmente desenvolvido pela empresa portuguesa SleekLab estava autorizado pela Autoridade Nacional de Aviação Civil.

“O nosso serviço é, sem dúvida, uma mais valia para a distribuição de cartas ou encomendas. Um drone é mais rápido, mais silencioso, menos dispendioso e ninguém tem de perder tempo para se deslocar. Acreditamos que este será o método mais utilizado para a distribuição de pequena mercadoria, no futuro”, refere, em comunicado, Eduardo Mendes, CEO da Connect Robotics.

Connect Robotics, startup responsável por esta inovação, conta com o apoio da Agência Espacial Europeia (ESA BIC Portugal) e do projeto europeu FIWARE.

A startup está incubada no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto.